DiamantesJoias e Conceitos

Aprenda Sobre Diamantes 4 C’s – Classificação de Corte

Por 21/05/2012 Um comentário

O corte (cut) de um diamante é uma das características analisadas no método de classificação de 4 C’s do GIA – Gemological Institute of America. Alguns especialistas consideram o corte a principal característica na avaliação de um diamante, quando o senso comum costuma dar mais importância para a cor. Na verdade, um diamante com cor ruim e um corte perfeito pode brilhar mais do que outro de cor boa, mas com um corte de má qualidade.

O corte de um diamante diz respeito à qualidade da lapidação. São analisados diversos fatores, como proporções, simetria e polimento. Assim, não confunda a classificação de corte com o formato do diamante. O corte busca apenas medir a qualidade da lapidação, independente da forma, que pode ser redonda, oval, princess, marquise, entre outras:

Como o diamante possui um índice de refração muito alto, qualquer trabalho de lapidação irá aumentar o brilho da gema. No entanto, quando o corte é feito nas proporções ideais, a quantidade de luz refletida aumentará; ou seja, o brilho do diamante será muito maior.

A proporção é o balanço entre a forma, o peso, o tamanho e ângulo de cada faceta do diamante. Quando a luz atinge um diamante, aproximadamente 20% dos feixes são refletidos pela superfície da pedra, os outro 80% penetram na gema.  Dessa maneira, o corte ideal procura aproveitar a luz que entra no diamante, ao passo que um corte imperfeito desperdiça boa parte dela. A ilustração abaixo demonstra como a luz de comporta em diferentes tipos de corte.

Quando a luz penetra em um diamante com corte muito profundo, ela acaba escapando pelas laterais da pedra. Dessa forma, o diamante perde um pouco do brilho. 
Um corte com proporções ideais faz com que grande parte da luz que entra no diamante seja refletida pelo topo, através da coroa. O resultado é muito mais brilho e um diamante mais belo.
Quando o corte é muito raso, grande parte da luz que penetra no diamante sai pela porta dos fundos. Assim, essa luz não chega aos seus olhos e o resultado é um diamante um pouco mais escuro. 

O GIA criou a classificação de qualidade de corte que é o padrão da indústria. A tabela de classificação do GIA é a seguinte:

Reflete praticamente toda luz que penetra no diamante, apresentando o máximo de brilho e vida possíveis. 
Corte um pouco inferior ao excelente. No entanto, a diferença é quase imperceptível aos olhos menos treinados.  
Reflete grande parte da luz penetrada.  
Boa parte da luz escapa pelas laterais ou pelo fundo do diamante, o que compromete o brilho e a vida da gema.  
Apenas 20% da luz é refletida pela superfície do diamante, o restante escapa pelo fundo da pedra. Diamantes com este tipo de corte apresentam pouco brilho.  

Quando encontrados, os diamantes brutos passam por criteriosa análise, para a definição do melhor corte. Inclusões e tamanho final da gema são importantes variáveis que impactam diretamente na qualidade de corte que será escolhida para da pedra. Na verdade, o corte ideal, na maioria dos casos, não é um corte inteligente do ponto de vista econômico, uma vez que implica desperdício de boa parte do diamante. Muitas vezes, a perda de peso não justifica o valor adicional da melhor qualidade do corte.

Na figura acima, a parte azul representa o diamante na forma bruta. Nesse caso, por exemplo, o corte ideal, que maximiza o brilho, está ilustrado com o desenho do diamante branco. No entanto, essa pedra foi lapidada conforme as proporções do diamante amarelo da figura, uma vez que, neste caso, o peso foi considerado mais importante.

Procurei muito em várias joalherias um anel que estivesse à altura do que minha futura noiva merecia. Consegui tudo isso com a Poésie. Não à toa minha noiva ouve com certa frequência e com muito orgulho: 'este é o anel mais bonito de todos que já vi'.

Kadu

Ver coleção de anéis

  • olha eu gostei e foi muito bom ler o seu artigo acho que as pessoa sao muito mal informadas sobre diamantes e estes gemologos de faculdades na sabe muito mas tudo na vida e assim mesmo mas acho que todos tem uma visao sobre diamante cada um tem um olho mas as regras e clara bommmmmm muito o seu esclarecimento gostei

Compartilhe com um amigo