DiamantesJoias e Conceitos

Como se Formam os Diamantes?

Por 04/05/2012 13 Comments

Os diamantes são formados por um único elemento químico: o carbono. Devido à estrutura e às condições em que são formados, o diamante é a substância natural mais dura conhecida pelo homem. Na verdade, diamante é uma palavra de origem grega, derivada da palavra adamas, que significa indestrutível.

Muitos acreditam que os diamantes são originados do carvão. No entanto, ao contrário dessa crença popular, o carvão raramente tem algum papel na formação dos diamantes. Na verdade, na história da Terra, os diamantes surgiram antes do carvão.

Quatro processos respondem por praticamente todos os diamantes já encontrados na Terra.

Formação de Diamantes no Manto Terrestre

Geólogos acreditam que todos os diamantes em depósitos que são explorados comercialmente se formaram no manto terrestre e ascenderam à superfície por meio de erupções vulcânicas.

São formados sob enorme pressão e temperatura, aproximadamente a 160 km da superfície em rochas chamada Peridotitos, Lherzolitos e Wehrlitos. Nessa região do manto, a temperatura é de aproximadamente 1050 C°.

Os diamantes formados no manto são estocados em uma zona de estabilidade de diamantes. Erupções vulcânicas muito profundas levam os diamantes à superfície da Terra. Esse tipo de evento é muito raro, sendo que nenhuma erupção desse tipo foi observada, desde que a ciência se tornou capaz de detectá-las. À medida que a mistura de magma, minerais e fragmentos de rocha se aproximam da superfície, uma estrutura de cano começa a se formar. Essa estrutura se chama Kimberlito. Eles são a fonte que os grandes mineradores diamante procuram.

Segundo estudos, os primeiros diamantes se formaram há aproximadamente 2,5 bilhões de anos. Então, a famosa frase “diamantes são eternos” faz algum sentido!

Após milhares de anos, ações da natureza podem carregar alguns poucos diamantes para o fundo de rios e mares. Das fontes de diamante conhecidas, esses são os locais mais acessíveis ao ser humano. A extração de diamantes em rios e mares ficou conhecida como exploração de aluvião, prática comercial muito comum no passado.  Atualmente, os Kimberlitos são responsáveis por quase toda oferta de diamantes
.

Formação de Diamantes em Depressão Tectônica

A depressão tectônica ou zona de subducção é uma área onde uma placa tectônica é forçada para baixo de outra. As placas ficam sujeitas à temperatura e pressão muito elevadas. Diamantes já foram encontrados em placas que já estiveram por baixo de outra e, posteriormente, voltaram à superfície. No entanto, a quantidade encontrada nesse tipo de rocha é muito pequena e pouco conveniente para exploração comercial.

Formação de Diamantes em Zonas de Impacto de Meteorito

A Terra já foi – e ainda será – atingida repetidas vezes por grandes meteoritos. A ciência acredita que a extinção dos dinossauros, por exemplo, tenha sido causada pela colisão de um meteoritos na Terra.

Esse tipo de evento cria temperatura e pressão altíssimas: condições ideais para formação de diamantes. De fato, pequenos diamantes já foram encontrados próximos a zonas de impacto. No entanto, a quantidade ofertada por esse tipo de fonte é praticamente desprezível.

Formação de Diamantes no Espaço

O universo é, sem dúvida, um fornecedor dos mais diversos tipos de materiais e elementos químicos. Diamantes também estão perdidos por aí, no espaço. Existem enormes estrelas de diamantes, como a estrela Lucy, por exemplo.

A NASA já encontrou micro diamantes – pequenos demais para uso na joalheria – em alguns meteoritos que chegaram à Terra.

Procurei muito em várias joalherias um anel que estivesse à altura do que minha futura noiva merecia. Consegui tudo isso com a Poésie. Não à toa minha noiva ouve com certa frequência e com muito orgulho: 'este é o anel mais bonito de todos que já vi'.

Kadu

Ver coleção de anéis

  • NÃO ENTENDI

    • o que você não entendeu ??

  • qual o diamante mais caro do mundo e que tamanho ele tem e aonde foi encontrado qual a parte do mundo que tem mais diamante.

    • Prezado Alan,

      Você pode visitar nossa página sobre diamantes, onde encontrará a maioria das informações que procura. Acesse aqui.

    • Barbosa

      Eu acho que é na novela das 8 da rede globo,brincadeira eu também gostaria de saber.

  • Eu achei esse texto muito bom e super resumido, copiei para um trabalho, tirei a nota máxima e entendi tudinho

  • vitória

    to fazendo um trabalho e espero q vc teja certa rebeca

  • dante

    Lí um livro chamado “Um Roubo Brilhante” onde roubam quilos de diamantes e fiquei curioso como eles são formados.

    obg

    • nunes

      eles quem? os diamantes ou os ladroes

  • Julio Cesar Pereira

    Os diamantes são realmente formados sobre forte pressão… Minha mulher é o exemplo claro de tudo isso. Trabalha,educa os filhos e ainda encontra um tempinho para o esposo… Sem dúvida essa frase faz sentido ” Os diamantes são eternos “.

  • Pablo

    Gostaria de fazer uma correção o termo usado “impacto de asteroide” está equivocado. É denominado asteroide todos os corpos rochosos inativos que vagam pelo espaço. Quando um asteroide entra na atmosfera do nosso planeta ele passa a se chamar meteoro.
    E quando esse mesmo meteoro sobrevive ao impacto com a nossa atmosfera e esse mesmo atinge o solo, ele passa a se chamar meteorito.

    Não existe impacto de asteroide ou de meteoros. E sim impacto de meteorito, independentemente do tamanho do corpo rochoso.

    Ou seja queda de meteoritos no solo e impacto de asteroide é pleonasmo. Um meteorito foi um dia um asteroide.

    Pablo Lemos
    SAB – Sociedade Astronômica Brasileira.

    • Prezado Pablo,

      Agradecemos as orientações. Fizemos as modificações no texto.

      Att.

      Equipe Poésie

  • antonio

    Show

Compartilhe com um amigo