Diamantes

Classificação de diamante: qual dos 4c’s é o mais importante?

Por 21/05/2018 Sem comentários

Se você está perguntando, qual é o “C” mais importante da classificação de diamantes do GIA, provavelmente, você já está no processo de compra de um anel de noivado de brilhantes. E como você já deve ter imaginado, a resposta não é tão simples assim.

anel-noivado-radiant-caixa-fechada-diamante-j-vs

Anel de Noivado Radiant I

Definir qual o “c” mais importante depende de uma série de variáveis. Depende o seu gosto, orçamento e o que você considera mais importante para um diamante. Assim como comprar um carro, ou um eletrônico, suas escolhas serão, muito provavelmente, definidas pelo equilibro entre o seu orçamento e suas necessidades.

O que são os 4 c’s?

Antes de mais nada, você sabe o que são os 4 c’s? Até meados do século XX, não existia um critério de avaliação de diamantes. O GIA criou os 4 C’s como método para classificar as qualidades do diamante, segundo quatro critérios: Color – Cor, Carat – Peso, Clarity – Clareza e Cut – Corte.

qualidade-diamante-classificacao

Diamantes analisados pelo GIA passam por uma minuciosa avaliação que utiliza os critérios acima como ferramentas de classificação. Para se aprofundar mais e entender como ler um certificado GIA, sugerimos a leitura do artigo a seguir: Como interpretar um certificado de diamante do GIA?

A cor é o C mais importante?

Ao serem introduzidos no mundo dos 4c’s, a grande maioria dos futuros noivos busca saber qual a classificação de cor do diamante do anel de noivado. Afinal, todos desejam um diamante que apresente um brilho límpido e incolor.

Anel de Noivado Solitaire I

No entanto, a maioria dos diamantes possui átomos de nitrogênio, que absorvem os espectros de luz azul e emitem tom amarelado. A classificação de cor utiliza o sistema D-Z para determinar a presença desse tom amarelado no diamante. Quanto menos cor um diamante apresentar, mais valioso e, consequentemente, mais caro ele será.

É importante entender que a mais sutil diferença de cor pode elevar, e muito, o valor de um diamante. Veja abaixo um diagrama que compara diamantes incolores aos quase incolores.

diamante-qualidade-do-corte

A diferença entre eles é pouco perceptível, não? Ao passear em uma joalheria, você certamente se surpreenderia com a variedade de classificações que você consideraria aceitável para um diamante de brilho “incolor”. Após serem cravados em joias, é pouco provável, sendo um observador leigo, que você consiga identificar a diferença de cor entre um diamante D e um G.

Conclusão: A cor é uma das características mais importantes do diamante. No entanto, pequenas alterações na escala de cor são muito sutis e praticamente imperceptíveis para olhos destreinados. Como variações de cor podem influenciar drasticamente no valor de um diamante, algumas classificações acabam impactando mais em preço do que na beleza perceptível da gema.

O peso é o C mais importante?

O sistema de avaliação dessa característica é bastante simples: quando dois diamantes de qualidade semelhante (cor, corte e clareza) são comparados, o mais pesado será mais caro.

anel-de-noivado-solitario-halo-uni-solitaire

Anel de Noivado Uni II | Anel de Noivado Solitaire II

Se o tamanho do diamante é um fator importante para você, lembre-se que uma pequena diferença de peso pode significar uma grande diferença no valor da joia, que nem sempre é corresponde ao aumento do tamanho da pedra. Isso fica evidente quando comparamos dois brilhantes de corte redondo. Enquanto uma pedra de meio quilate (50 pontos) tem, em média, de 5.00 mm de diâmetro, uma pedra de 1 quilate (100 pontos) possui 6.40 mm de diâmetro, ou seja: o dobro do peso, com um aumento de 30% no tamanho perceptível apenas.

diamante-qualidade-do-corte

Além disso, o formato de corte e a qualidade da lapidação são importantes variáveis nessa relação peso versus tamanho da gema. Alguns lapidadores preferem sacrificar a qualidade de corte de diamante para garantir uma pedra mais pesada, o que pode resultar em uma pedra menos vistosa e de pouco brilho.

Conclusão: em se tratando de visual da pedra, o peso tem uma influência menor na beleza da pedra se comparado aos outros c’s. Mesmo a relação tamanho x peso é influenciada diretamente pelo corte da pedra.

Dica: Se você está em busca de um anel de noivado com um diamante grande, mas tem restrição de orçamento, recomendamos a leitura do artigo “Você sabe o que é um anel de noivado com halo?

A clareza é o C mais importante?

O grau de clareza de um diamante é determinado pelo tamanho, número, posição, natureza, cor e relevo de quaisquer inclusões ou manchas presentes no diamante.

Diamantes livres de inclusões são tão raros que é possível passar uma vida inteira trabalhando no mercado de joias sem ver uma pedra sem imperfeições. No outro extremo da escala de clareza, existem pedras com inclusões que podem ser facilmente identificadas a olho nu por um leigo. Entre os dois extremos estão os diamantes com inclusões visíveis com o uso de uma lente de aumento de 10x. Pedras dessa faixa de classificação compõem a maioria das joias do mercado mundial.

corte-esmeralda-diamante

Alguns cortes de diamante pedem um grau de clareza elevado, como é o caso da lapidação esmeralda – Diamante cor F e clareza VVS2 – Foto: Robert Weldon/GIA

Sob uma ampliação de 10x, os diamantes livres de inclusão são classificados como FL/IF (Flawless/internally flawless). Estes são exemplares extremamente raros e, portanto, mais valiosos. À medida que descemos na escala, é bastante improvável que uma pessoa com olhos destreinados perceba as inclusões de um diamante VS ou SI sem auxílio de uma lupa de aumento. Mesmo com uma lupa, muitas pessoas terão dificuldade de enxergar as inclusões. E, a menos que seja observado bem de perto, algumas pessoas nem notarão as inclusões de um diamante I1.

diamante-qualidade-do-corte

Conclusão: você anda por aí com uma lente de aumento examinando diamantes de joias? Com exceção dos profissionais do mercado de joias, ninguém faz isso, não é mesmo? Desde que sejam pequenas e discretas, inclusões dificilmente irão interferir na estrutura do diamante, alterando cor e brilho.

O corte é o C mais importante?

Todos os 4cs são importantes na hora de classificar um diamante. No entanto, quando o assunto é a aparência e beleza do diamante, o corte é considerado pelos especialistas, como a principal característica a ser avaliada.

O senso comum costuma dar mais ênfase à cor e à pureza, no entanto, o corte é a característica que mais interfere no visual do diamante. E embora a maioria das pessoas acredite que o corte é relacionado apenas ao formato do diamante, essa classificação também avalia aspectos relacionados à qualidade da lapidação. São analisados diversos fatores, como proporções, simetria e polimento, que são responsável por fazer o diamante brilhar de fato.

Os diamantes acima apresentam, da esquerda para a direita, corte excelente, bom e inferior e foram expostos ao mesmo tipo de luz – Foto: Al Gilbertson and Barak Green/GIA.

Sendo assim, a qualidade desse corte é que irá determinar o quanto a pedra vai brilhar, produzindo o famoso estouro de luz. Em boa parte dos casos, um diamante de uma cor pior, mas com um corte perfeito, pode brilhar muito mais do que um diamante de cor boa, mas com um corte inferior.

diamante-qualidade-do-corte

Conclusão: é evidente que cor, clareza e peso influenciam no visual do diamante. No entanto, se uma pedra com boas classificações de cor e clareza possuir um corte de qualidade inferior, dificilmente produzirá o tão característico e encantador estouro de luz.

anel-solitario

Procurei muito em várias joalherias um anel que estivesse à altura do que minha futura noiva merecia. Consegui tudo isso com a Poésie. Não à toa minha noiva ouve com certa frequência e com muito orgulho: 'este é o anel mais bonito de todos que já vi'.

KADU

Ver coleção de anéis

Deixe uma resposta